Categorias
Uncategorized

O setor de RH no mundo virtual

Esse ramo é uma das áreas de maior concorrência no mercado, saiba como utilizar ferramentas virtuais como um diferencial.

O setor de RH vem crescendo cada vez mais e se tornando um dos ramos em alta no mercado atual, por conta disso é importante que os profissionais ligados a essa área estejam sempre inovando e buscando formas de ser um diferencial no meio em que trabalham.

A tecnologia entra como um facilitador para o alcance desse diferencial, é importante que as pessoas que queiram ingressar na área de RH saibam como usufruir dessa importante ferramenta e utilizá-la como aliada.

Existem algumas formas de utilizar ferramentas virtuais que ajudam tanto na rotina diária dos profissionais de RH quanto para quem quer ingressar nessa área.

Recrutamento online

Essa ferramenta serve para profissionais de RH que precisam realizar uma contratação, esse processo facilita na divulgação das vagas e na atração e contato com os candidatos.

Desse modo o processo de recrutamento se torna virtual, onde a empresa pode disponibilizar testes de aptidões, fichas cadastrais, além de facilitar o processo no momento da candidatura do profissional.

Para profissionais que queiram ingressar no setor de RH de uma organização, possuir perfis sociais, como o Linkedin, por exemplo, que é uma rede social profissional e de negócios com especificações do ramo no perfil, ou até mesmo o cadastro em sites de vagas facilita que os recrutadores o encontrem. O networking pode ser de grande valor para esse profissional.

Gestão informatizada

A gestão de funcionários na parte do departamento pessoal já pode ser realizada pela internet de forma que férias, admissões e holerites, por exemplo, já podem ser geridos online e posteriormente consultados pelo funcionário.

Comunicação interna

A implantação de uma comunicação interna, intitulada Intranet, facilita no processo de emissão de comunicados, informativos e na agilidade e rapidez que os funcionários terão no acesso aos mesmos.

Além de otimizar o processo da comunicação, ela tende a melhorar os relacionamentos com os contratados e alinhá-los com os objetivos e metas alcançados pela empresa.

Outros aspectos que a tecnologia pode auxiliar aos profissionais de RH

A tecnologia e o mundo virtual te colocam mais próximo a empresas, clientes e processos.

Portanto é possível que você, estudante ou profissional de RH, atue em diversas áreas, em que as ferramentas virtuais serão um de seus principais aliados.

Por exemplo, em consultorias online, na gestão de um site relacionado ao assunto e até mesmo na busca por profissionais qualificados.

Não podemos esquecer que a tecnologia também pode ser uma forte aliada no momento dos estudos, pois com os avanços atuais é possível se especializar, aumentar os conhecimentos e se manter atualizado profissionalmente através de um curso online.

Benefícios das ferramentas virtuais

Além de todos os benefícios já mencionados no decorrer deste artigo, há outros, de grande importância para as organizações, que também vale a pena que sejam citados.

Eliminação de duplicidade e padronização de currículos

Fora a facilidade de acesso, cadastramento e atualização de dados o processo online elimina por completo a duplicidade de currículos, além de receber os mesmos de forma padronizada.

É comum que quando físicos os currículos sejam entregues mais de uma vez, mesmo que da mesma pessoa. Os meios virtuais acabam com essa repetição, pois somente é possível e necessário que se faça um anexo do currículo que vai para o banco de dados da empresa.

Da mesma forma é possível que a empresa exija um padrão para a entrega.

Redução dos custos e otimização do tempo

Boa parte do processo é online o que reduz a necessidade de mobilidade e deslocamento, uso de papéis em fichas e na divulgação, etc.

Isso é benéfico tanto para a organização quanto para o meio ambiente, e economiza não só dinheiro, mas tempo.

Setor de RH no mundo virtual

A tecnologia serve como facilitadora aos profissionais do ramo independente do caminho que queiram seguir, sabendo usar essa importante ferramenta é possível que você explore sua versatilidade como profissional e escolha o melhor caminho a percorrer, exercendo sua função com o mundo virtual como seu aliado.

Categorias
Desenvolvimento Humano Gestão de Pessoas

Versatilidade do profissional de RH

O setor de RH e suas áreas de atuação estão entre as profissões em alta no ano de 2018.

A gestão de recursos humanos, com o passar do tempo, se tornou uma das prioridades das empresas atuais e isso demanda um setor com profissionais especializados no assunto.

Esses profissionais participam do setor de RH e hoje seu grande valor vem da gestão e do cuidado que tem com o patrimônio mais importante de uma organização: as pessoas.

Os partícipes desse setor exercem a nobre função de colaborar no crescimento e geração de lucros da empresa, sem perder o foco e o ideal de gerar o bem para os empregados.

Pensando nas características essenciais que o especialista em RH precisa ter para exercer a sua função e lidar com os recursos humanos é possível que ele se torne um profissional versátil e seja considerado preparado para muitas outras áreas.

Você que é estudante de RH e ainda não conseguiu se encontrar ou adquirir um emprego na área, não desanime, pois o seu potencial para exercer diversas funções é grande.

Profissional versátil

Áreas que um profissional de RH pode atuar

O curso que forma os especialistas no setor de RH, conta com uma grade de ensino ampla, que promove conhecimentos nas áreas de administração de todo o processo de um funcionário, que envolvem cálculo de salários e benefícios, como também a gestão e relacionamento do mesmo com a organização.

Tendo em vista esses conhecimentos, é possível ser um profissional versátil, alinhá-los à experiências e aplicá-los em outras áreas e setores.

Veja abaixo algumas outras funções:

Coaching

O especialista voltado para essa área, atua como um treinador responsável pelo acompanhamento, aconselhamento e desenvolvimento da carreira de outros profissionais, os ajudando a alcançar os objetivos e metas por eles traçados.

No RH funciona exatamente dessa forma, com o auxílio no alcance de metas para a formação e desenvolvimento de pessoas.

Headhunter

Nessa área você pode se especializar para agir como um “caça talentos”. O objetivo dessa profissão é que encontre o profissional ideal de acordo com perfil previamente traçado pela empresa.

É exatamente encontrar para a organização um talento que coincida exatamente com o que ela precisa ou até supere suas expectativas.

Psicologia organizacional e do trabalho

A psicologia é algo que está extremamente ligada ao profissional de RH, pois ele precisará lidar com pessoas, que vêm carregadas de sentimentos e reações que se fazem presente no decorrer dos dias de trabalho.

Problemas familiares e pessoais podem afetar a rotina de trabalho das pessoas, o profissional de RH precisa identificar e se comunicar com o seu funcionário a fim de entender o que está afetando o seu serviço e fazer de tudo para melhorar o seu desempenho, servindo até como conselheiro para a resolução de conflitos dentro e fora da organização.

É nesse momento que a psicologia organizacional e do trabalho entram, na criação de um ambiente e de um clima agradável ao funcionário para que ele possa desenvolver suas metas não só profissionais, mas também de desenvolvimento pessoal.

Esse profissional atua de forma a ser um apoio para os funcionários de uma empresa.

Consultoria

É possível que o profissional de RH preste consultoria em diversas áreas. Na área de vendas por exemplo, como lidar da melhor forma com as pessoas que serão seus clientes e como abordá-las.

A empresas em geral na forma de como aproximar seus funcionários e gestores e mantê-los motivados.

E até online, com consultorias via internet através de blogs ou vídeos, que alcançarão um público maior.

Torne-se um profissional versátil

Não se deve descartar a possibilidade de um negócio próprio, seja como consultor, headhunter, coaching, ou até mesmo em áreas totalmente distintas.

A essência da profissão é os recursos humanos,  saber lidar com as pessoas te qualifica para muita coisa e te proporciona um diferencial ausente em muitos.

Vale lembrar que em qualquer área escolhida é preciso que procure formas de se especializar e adicionar complementos aos seus estudos, para que seja o melhor profissional possível e tenha aptidão para exercer determinadas funções, afinal conhecimento nunca é demais.

Categorias
Departamento Pessoal Gestão de Pessoas People Analytics

Saiba quais são as áreas de atuação no setor de RH

Quem está em busca de desafios constantes e um amplo leque de oportunidades profissionais, encontra na gestão de pessoas essas e outras possibilidades.

A valorização do RH fez com que o setor evoluísse e se desmembrasse em diversas áreas de atuação.

O mais interessante é que o mercado de trabalho oferece boas chances em todas essas frentes.

Para ajudar você que, é estudante, estagiário, trainee ou profissional em início de carreira, a conhecer melhor a profissão, listamos neste artigo as principais áreas de atuação no setor de RH.

As informações a seguir podem auxiliá-lo a tomar uma decisão sobre o seu futuro. Confira.

Recrutamento e seleção

Esta pode ser considerada uma área bastante tradicional do RH, e também muito decisiva.

A tarefa de atrair talentos envolve encontrar os profissionais certos para as vagas que estão abertas na companhia. Trabalho este que possui prazos e metas bem claras.

Afinal, algumas contratações acontecem em caráter de urgência para não comprometer a produtividade da organização.

Mas não é só a pressa que desafia os profissionais desta área. Sabemos que contratações erradas geram prejuízos financeiros e até motivacionais.

Por isso precisão e assertividade são palavras de ordem de quem atua nestas frentes.

Retenção de talentos

Na segunda ponta dos processos de RH, após o recrutamento e seleção do profissional, está o trabalho de retenção de talentos, que envolve diversas frentes de atuação – que podem variar de acordo com a estratégia da empresa.

Basicamente, reter um profissional significa manter condições propícias para que ele possa desenvolver seu trabalho com motivação, e sem ser seduzido com propostas de outras empresas, afinal, a disputa por bons talentos segue em alta no mercado.

Por isso, quem escolhe trabalhar nessa frente pode se especializar em gestão de benefícios, planos de salários, comunicação interna, gestão de clima organizacional, entre outras possibilidades.

Treinamento e desenvolvimento

Outro grande desafio da área de RH é formar e aprimorar talentos que possam produzir mais e melhor. Há tempos a formação dos profissionais deixou de ser apenas uma obrigação das escolas.

A tarefa hoje é compartilhada inclusive com as empresas. Não é à toa que temos inúmeras universidades corporativas espalhadas pelo mercado.

O profissional que escolhe atuar nesta área precisa ser um bom estrategista. Ele não pode oferecer um curso, uma formação ou até um coaching para os profissionais sem antes saber ao certo qual é o gargalo da área, ou seja, até onde está delimitado os seus conhecimentos, o que é preciso aprimorar.

Portanto, mais do que formatar e oferecer treinamentos, o profissional deve ser um bom gestor de competências.

Business Partner

Embora não seja necessariamente uma área, mas sim uma frente de atuação do RH, o papel de business partner vem ganhando força nas empresas e no mercado.

Por isso, é importante mencioná-lo nesta análise, justamente pelo crescimento e aumento da demanda por profissionais especializados.

O business partner (companheiro de negócio, numa tradução literal) é um profissional de RH que trabalha com foco em uma área do negócio.

Sabemos que empresas de grande porte possuem, por vezes, diferentes produtos e serviços, que requerem também profissionais de diversos perfis (inclusive em posições de liderança).

Dessa forma, podemos enxergar o business partner como um RH que traça diferentes estratégias para uma única área do negócio.

Ele é praticamente um consultor da área e sua figura está em ampla ascensão.

Esperamos que essas colocações auxiliem você a encontrar boas oportunidades nas diferentes áreas de atuação no setor de RH.

Com estudo e muita dedicação é possível obter sucesso em qualquer função escolhida.

Baixe nosso ebook gratuito clicando no banner abaixo:

 

Por Tiago Ocanha,

Cofundador do RH do Futuro

Publicado em 22 de Junho de 2018

 

 

Categorias
Desenvolvimento Humano Gestão de Pessoas

O setor de RH está com os dias contados?

A recente crise financeira, pela qual passou o nosso país, levou muita gente a refletir sobre suas escolhas profissionais, afinal, o que todo mundo quer é se manter no mercado de trabalho, independente de crise.

Nesse meio tempo, a área de gestão de pessoas também foi alvo de diversos questionamentos.

Muita gente se perguntou, por exemplo, se o RH está com os dias contados, já que o desemprego e os orçamentos apertados atingiram em cheio o setor.

Se você atua ou pretende atuar no  setor de RH, temos logo de cara uma boa notícia para você: A área não está com os dias contados.

Entretanto para sobreviver no mercado é preciso rever algumas políticas e práticas. Veja, a seguir, alguns exemplos.

A velha mentalidade deve ficar para trás

O que de fato “morreu” é aquele RH burocrático, que só servia para controlar ponto, fazer pagamentos e admitir e demitir pessoas.

Ficou para trás, também, aquela imagem de sala temida pelo profissional. Há alguns anos ser chamado para ir ao RH era sinal de que alguma coisa não ia acabar bem.

Também está com os dias contados aquele RH que desenvolve políticas e práticas baseadas em modismos, ou seja, que faz tudo ao acaso, sem embasamento e gastando recursos financeiros.

Já parou para pensar no real retorno dos processos que você e sua equipe desenvolvem, com base em números, produtividade e satisfação dos colaboradores?

Se o setor de RH em que você atua não gera lucro, ele realmente está com os dias contados.

Área de gestão de pessoas. O RH que gera valor

O setor de RH continua em alta no mercado, justamente pela ousadia daqueles que trabalharam para que ele se tornasse estratégico, e não apenas operacional/burocrática.

Mais do que admitir e demitir pessoas, é preciso saber quais são os reais talentos que a empresa precisa para poder produzir mais e melhor.

Contratações acertadas não apenas evitam demissões, mas ajudam a empresa a continuar produzindo, numa equipe mais forte e engajada.

O mesmo pensamento vale, por exemplo, nas ações de treinamento e desenvolvimento.

De nada adianta promover um curso para um grupo de pessoas, sem que de fato essa formação venha acrescentar uma habilidade.

Habilidade essa que possa fazer os colaboradores renderem mais, e com um sentimento que são valorizados pela companhia.

Este sim é um trabalho de RH estratégico e que sobrevive à crise. O que não chega perto disso está, realmente, em uma situação crítica.

Seu trabalho no RH vale a pena?

Com base nessa breve reflexão, convidamos você a refletir sobre o trabalho que é desempenhado no seu setor.

Se você ainda não atua no setor de RH, tente se imaginar nessa posição e pense nas atitudes que você tomaria em certos momentos.

Você faria o seu trabalho com base na intuição ou na estratégia da empresa?

Nunca antes, em sua trajetória, o RH precisou entender um pouco de números, como hoje.

Relatórios, pesquisas, análises e gráficos precisam fazer parte de seu planejamento. As pesquisas de satisfação (ou pesquisas de clima) oferecem diversas informações válidas para o seu trabalho. Não ignore esses e outros dados.

Esperamos que, daqui para frente, você possa ter uma postura mais estratégica no seu dia a dia, pois como bem dissemos anteriormente, o RH está com os dias contados é uma falsa afirmação, o RH realmente está em alta!

Porém, é preciso se adequar aos anseios do mercado.

Para baixar nosso ebook gratuito, é só clicar no banner abaixo:

 

Por Tiago Ocanha,

Cofundador do RH do Futuro

Publicado em 22 de Junho de 2018