skip to Main Content

O setor de RH está com os dias contados?

A recente crise financeira, pela qual passou o nosso país, levou muita gente a refletir sobre suas escolhas profissionais, afinal, o que todo mundo quer é se manter no mercado de trabalho, independente de crise.

Nesse meio tempo, a área de gestão de pessoas também foi alvo de diversos questionamentos.

Muita gente se perguntou, por exemplo, se o RH está com os dias contados, já que o desemprego e os orçamentos apertados atingiram em cheio o setor.

Se você atua ou pretende atuar no  setor de RH, temos logo de cara uma boa notícia para você: A área não está com os dias contados.

Entretanto para sobreviver no mercado é preciso rever algumas políticas e práticas. Veja, a seguir, alguns exemplos.

A velha mentalidade deve ficar para trás

O que de fato “morreu” é aquele RH burocrático, que só servia para controlar ponto, fazer pagamentos e admitir e demitir pessoas.

Ficou para trás, também, aquela imagem de sala temida pelo profissional. Há alguns anos ser chamado para ir ao RH era sinal de que alguma coisa não ia acabar bem.

Também está com os dias contados aquele RH que desenvolve políticas e práticas baseadas em modismos, ou seja, que faz tudo ao acaso, sem embasamento e gastando recursos financeiros.

Já parou para pensar no real retorno dos processos que você e sua equipe desenvolvem, com base em números, produtividade e satisfação dos colaboradores?

Se o setor de RH em que você atua não gera lucro, ele realmente está com os dias contados.

Área de gestão de pessoas. O RH que gera valor

O setor de RH continua em alta no mercado, justamente pela ousadia daqueles que trabalharam para que ele se tornasse estratégico, e não apenas operacional/burocrática.

Mais do que admitir e demitir pessoas, é preciso saber quais são os reais talentos que a empresa precisa para poder produzir mais e melhor.

Contratações acertadas não apenas evitam demissões, mas ajudam a empresa a continuar produzindo, numa equipe mais forte e engajada.

O mesmo pensamento vale, por exemplo, nas ações de treinamento e desenvolvimento.

De nada adianta promover um curso para um grupo de pessoas, sem que de fato essa formação venha acrescentar uma habilidade.

Habilidade essa que possa fazer os colaboradores renderem mais, e com um sentimento que são valorizados pela companhia.

Este sim é um trabalho de RH estratégico e que sobrevive à crise. O que não chega perto disso está, realmente, em uma situação crítica.

Seu trabalho no RH vale a pena?

Com base nessa breve reflexão, convidamos você a refletir sobre o trabalho que é desempenhado no seu setor.

Se você ainda não atua no setor de RH, tente se imaginar nessa posição e pense nas atitudes que você tomaria em certos momentos.

Você faria o seu trabalho com base na intuição ou na estratégia da empresa?

Nunca antes, em sua trajetória, o RH precisou entender um pouco de números, como hoje.

Relatórios, pesquisas, análises e gráficos precisam fazer parte de seu planejamento. As pesquisas de satisfação (ou pesquisas de clima) oferecem diversas informações válidas para o seu trabalho. Não ignore esses e outros dados.

Esperamos que, daqui para frente, você possa ter uma postura mais estratégica no seu dia a dia, pois como bem dissemos anteriormente, o RH está com os dias contados é uma falsa afirmação, o RH realmente está em alta!

Porém, é preciso se adequar aos anseios do mercado.

Para baixar nosso ebook gratuito, é só clicar no banner abaixo:

 

Por Tiago Ocanha,

Cofundador do RH do Futuro

Publicado em 22 de Junho de 2018

 

 

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Recomendado só para você!
Embora seja uma prática não tanto recente no mercado, o…
Cresta Posts Box by CP